SPEM Archives - EMdurance Runner
34
archive,tag,tag-spem,tag-34,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-13.3,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

O chavão "Sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe." faz todo o sentido em quase tudo na vida. No mundo do desporto, embora seja o atleta que participa nas provas, há toda uma equipa nos bastidores que, embora quase nunca apareça, são essenciais para a obtenção dos resultados. Não, não sou atleta de pódio. Aliás, acho que só poucas vezes fiquei na primeira metade da tabela classificativa. Os meus bons resultados, as minhas vitórias, são ao nível de terminar as corridas, mesmo que sendo o último a cortar a...

Fiz a Corrida do Aeroporto a primeira vez em 2014. Primeira e única até 2017. Apesar dos meus objetivos passarem pelos trilhos, como ainda não me sinto totalmente apto a grandes aventuras "no mato" e dada a proximidade da prova da minha casa, inscrevi-me. Objetivo: sub50! O treino, esse, estava aquém do desejado. Não que se precise de treinar muito para uma corrida de 10kms, mas convém fazer os mínimos olímpicos quando traçamos objetivos que poderão ser mais difíceis do que parecem. Na noite anterior, a convite da minha...

Em 2014, depois da Corrida do Aeroporto, escrevi isto: Porque correr é isto mesmo. É passar por um desconhecido e dizer-lhe que "a meta é já ali", que "é só mais um bocadinho" e "vamos juntos até ao fim?", e fazer-se isso mesmo, cruzar a meta com esse desconhecido e saber que nos ajudámos mutuamente. É o que este aperto de mãos representa. Em 2017, durante a Meia Maratona de Lisboa , eu fui esse desconhecido, onde várias pessoas que passavam por mim ou que estavam no público me...

A Corrida do Tejo 2017 ficou marcada por 3 acontecimentos, onde apenas dois deles mereceram destaque nos grandes meios de comunicação: a vitória masculina de Jesus España, um atleta espanhol; a vitória feminina por parte de Ercilia Machado, mesmo depois de uma queda logo nos primeiros 30/40metros; o engano do Bearded Runner que lhe permitiu fazer um tempo muito abaixo do esperado. Claro que sobre este último acontecimento só eu é que falo, mas pronto...

Antes de mais quero começar por agradecer a todos os vossos comentários no post anterior. Apesar de não vos ter respondido, li todos e agradeci mentalmente a cada um de vocês. A verdade é que não foi fácil lidar com as coisas e, embora o desabafo me tenha feito bem, o ânimo andou para cima e para baixo, deixando-me sem vontade do que quer que fosse. Mas mesmo assim decidi que tinha de retomar o meu dia a dia em todas as suas vertentes, entre elas, a corrida. E...